Arquivos do Blog

Tem espaço para um brasileiro aí?

 E ai pessoal, tudo bem?

Passamos a marca dos 350 visitantes! Daqui a pouquinho chego a mil, quem sabe? 🙂

Neste post quero esclarecer uma coisa que muitos não entenderam muito bem: onde ficarei em Los Angeles.

Quando você faz um intercâmbio, várias são as possibilidades de estadia. Isto também depende muito da agência que te mandará. Algumas delas são:

Casa de família

Também conhecida como Homestay, é uma das formas mais baratas de estadia em um intercâmbio. Você fica hospedado na casa de uma família típica do país, e convive como se fosse um membro dela. A família hospedeira (ou host) geralmente passa por rigorosos processos seletivos, tanto pelas escolas como pelo governo do país, além de terem que provar que possuem estrutura para hospedar um intercambista.

Em uma homestay, você pode optar por dividir o seu quarto com outro intercambista (claro que não será da mesma nacionalidade que você) ou não. As refeições (que são café da manhã e jantar) também são providas pela família.

O que ganham com isto? Em alguns países, bonificações em dinheiro. Em outros, somente abatimento no imposto de renda. Depende muito do país.

Residências estudantis

Algumas escolas possuem residências estudantis, que são nada mais que alojamentos onde vivem vários outros estudantes. Os alojamentos geralmente possuem alguns luxos, como piscina, hidromassagem, etc. NÃO POSSUEM REFEIÇÕES, ou seja, você terá que comer em algum lugar todos os dias, gastando mais dinheiro ainda com alimentação.

 

Hotéis

Você pode realizar o seu curso e ficar hospedado em um hotel. Não preciso nem explicar o que é um hotel né? 😀

Estas são as formas de hospedagem que eu conheço. Eu escolhi ficar em Casa de família, quarto duplo, com café da manhã e jantar. Creio que é bom pois terei mais contato com a cultura de uma família americana, sem contar que vou necessitar falar mais ainda em inglês!

Algumas pessoas falam que homestay é ruim demais pois você tem que obedecer a família e etc. Isto é muito relativo, pois, quando a família se prontifica a receber um intercambista, ela entende que você é um intercambista e que está lá para conhecer, passear, estudar, etc. Eles não podem te impedir de visitar lugares e tal, mas de uma coisa você deve ter ciência: você deve se adaptar aos costumes da casa. Como fazer isto? Abaixo estão alguns exemplos, observe-os:

1)      Se a família toda costuma acordar as 6h da manhã, acorde junto com eles.

2)      Se não irá jantar, avise antecipadamente para que não façam a sua parte.

3)      Se a família te convidar para sair com eles e você não tiver nenhum compromisso, vá junto!

É importante que você mantenha um bom relacionamento com a host family, para evitar conflitos e também não passar uma imagem ruim da sua nacionalidade né?

Espero que tenha ajudado e esclarecido alguns pontos!

Se ainda houver dúvidas a respeito, não se esqueçam de me contactar! J

Cheeeeers o/

%d blogueiros gostam disto: